Cultivar as Amizades

  “Mais do que ter amigos é fundamental aprender a ser amigo!” (Mestre Micaell)

Bilhões de seres vivem hoje no planeta, mas muitos se sentem sozinhos e desconectados. Muitos passam a vida em relações sociais superficiais e chegam à velhice, profundamente solitários. Outros buscam a todo vapor ter amigos e, não raro se perdem, e frequentemente se decepcionam e ficam desacreditados dos relacionamentos.

Todos nós queremos ser amados, compartilhar afeto, atenção e consideração e isso faz parte da experiência humana. Somos seres gregários, nascemos e aprendemos a conviver em grupo. Sem o outro, não poderíamos existir. Somos seres interdependentes, ninguém vive sozinho e ninguém constrói nada sozinho. Estamos a todo o tempo nos relacionando, embora muitos possam decidir ficar fechados em si mesmos.

los-amigos-se-preocupan-por-ti.jpg

O pequeno príncipe, vivendo sozinho em seu planeta, não era feliz, seus dias eram iguais, nada aprendia, nada tinha a oferecer, nada recebia, nada sentia de diferente. Somente quando passou a reconhecer o outro, pôde descobrir um universo a seu redor, conhecer pessoas diferentes, vivendo de formas diferentes e passou a cultivar amizades, descobrindo sentimentos de amor.

Certamente as amizades nos engrandecem a alma, nos fazem viver ricas experiências humanas e aprendemos coisas inimagináveis. Nosso horizonte se alarga!

E quão maior tesouro é viver amizades verdadeiras! Ser amigo de verdade para alguém. E isso é uma decisão pessoal, de cada um de nós, de escolher sermos pessoas melhores que inspiram boas relações onde estivermos. Como o pequeno príncipe precisou sair de si para ir ao encontro do outro, depende de nós abrir caminhos para vivências harmoniosas, onde há movimento de sentimentos sublimes que alimentam o espírito.

Se pararmos para pensar, estamos sempre querendo receber, esperando que o outro nos auxilie, nos apóie, seja um bom amigo, que nos ofereça bons momentos, palavras acolhedoras. Mas e nós, o que temos oferecido? A oração de São Francisco já diz, é dando que se recebe, e o que temos dado ao outro? Temos sido bons amigos para o outro?

“Você serve a Deus no momento que compartilha algo de si e oferece ao próximo.” (Mestre Micaell)

Este é um bom momento para revolucionar nosso pensamento sobre a amizade. Ao invés de esperarmos ter amigos, porque não optarmos por algo bem mais libertador? Optarmos por ser amigo, ser um ótimo amigo! Porque isso, cada um de nós pode fazer, podemos ser amigos a qualquer hora, com quem quer que seja, em qualquer lugar, isso depende de nós. Basta uma atitude: se propor a ser amigo sempre.

Ser amigo é poder estar presente em cada momento, diante de cada pessoa. Ser amigo com um sorriso, com um olhar, com um gesto generoso, com uma palavra de carinho, com uma postura de respeito, ser amigo cultivando bons desejos, dedicando bons pensamentos, sendo caridoso ao pensar no outro, sendo compassivo ao olhar as atitudes alheias.

d_amigos.jpg

Ser uma presença positiva e agradável nos ambientes é ser amigo. Todos nós sabemos reconhecer uma pessoa agradável, aberta, energeticamente pacífica e solidária. Essa  pessoa acaba por atrair a todos com seu jeito inspirador de ser.

Assim, não precisamos dos elogios dos outros, nem de presentes materiais, pois estar inteiro na relação com alguém é uma experiência tão profunda e tão mais prazerosa. É o maior presente que podemos receber. Transcende expectativas e ditames sociais.

Se estamos rodeados de bilhões de seres, podemos, a todo momento, dedicar amizade verdadeira, pois mais que precisar de ter amigos, é poder ser amigo para quem precisa de uma atitude amiga.

Cultivar as amizades é saber se conectar com o que há de melhor na vida, no outro. É também saber ser amigo de si mesmo, em conexão com a própria alma, pois só estando cheio de benesses é que podemos transbordá-las aos outros. Cultivar as amizades é também saber se conectar com Deus, com a força divina, com a força presente na natureza. É saber se conectar com a luz que cada pessoa carrega no coração, se conectar com toda forma de vida, amorosamente.

E assim, haverá amizade de sobra!

Sempre que precisarmos, em oração, um bom amigo virá ao nosso encontro. Sempre haverá alguém a nos auxiliar em momentos difíceis. Sempre haverá alguém com quem possamos conversar e falar coisas boas, pois todas as pessoas têm algo bom a compartilhar, nem que seja nos mostrar o que não queremos ser ou viver. É saber colher os ensinamentos que a vida nos envia.

Sempre haverá alguém que se lembrou de nós e desejou boas vibrações. Alguém para compartilhar as horas e aprender, ensinar e viver instantes de alegria.

Que possamos ser bons amigos para o outro!

“Crie a empatia no silêncio;

Permita o toque entre corações;

Se incline perante a luz do outro sem fazer qualquer movimento;

Sorria com a sua alma

E transmita com apenas um olhar

Toda a sua vontade espiritual de simplesmente estar ali,

Presente, diante daquele ser.”

Mestre Micaell, em “A Etiqueta dos Iniciados”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s